fbpx

Oclusão dentária

Oclusão dentária


A oclusão dentária é a relação funcional que se estabelece entre os componentes do sistema mastigatório.

Compreende o diagnóstico e tratamento cirúrgico de doenças, lesões e anomalias dos dentes, maxilares e estruturas anexas . Este sistema inclui os dentes, as gengivas, o sistema neuromuscular, as articulações têmporo-mandibular e o esqueleto craniofacial.
Quando existem desvios, em relação à oclusão ideal, denominamos de má oclusão. Se os dentes estão desalinhados, eles não conseguem realizar as funções vitais e podem causar problemas de saúde.
A má oclusão dos dentes também é conhecida como: mordida cruzada, mordida profunda, prognatismo, mordida aberta, dentes apinhados e dentes desalinhados
Por este motivo, a oclusão é objeto de uma especialidade essencial em odontologia, que visa manter todas as partes do aparelho estomatognático em perfeito estado de saúde. Além disso, o modo como é efetuada a oclusão pode afetar, em maior ou menor medida, funções fisiológicas necessárias, como comer ou falar.

Pode provocar ainda dores de cabeça ou pescoço, ruídos articulares (estalidos), zumbidos ou plenitude no ouvido, travamento ao abrir ou fechar a boca, limitação de abertura bucal, desgaste nos dentes e dificuldades na mastigação. Pode modificar características psicossomáticas do indivíduo, reduzindo a sua qualidade de vida.

Como tal, na CPE Clínicas poderá encontrar profissionais de qualidade que o irão a ajudar a ultrapassar estes problemas.

Marcações